quinta-feira, julho 2

Super Tabouleh de Quinoa e Cânhamo :: Super Quinoa Hemp Tabouleh

Please scroll down for English version

O tabouleh é uma salada libanesa muito fresca, simples e a transbordar de sabor que adoro fazer nos dias mais quentes do verão. Como em qualquer receita tradicional existem muitas variações, mas todas aproveitam os melhores ingredientes da estação como o tomate, o pepino ou o pimento. Agora, as rainhas desta salada são mesmo as ervas aromáticas e um bom tabouleh quer-se a estourar de verde. As mais usadas costumam ser a salsa e a hortelã, mas podem experimentar abrir horizontes com manjericão, coentros ou, para uma verdadeira explosão de sabores, combinar todas.

Tradicionalmente acrescenta-se ainda bulgur ou até couscous, mas este é um verdadeiro super tabouleh e para além de lhe juntar grão-de-bico, chamei dois convidados muitos especiais para esta festa aromática: a quinoa e o cânhamo. Podem ser pequeninos mas estão a rebentar de nutrientes e transformam esta salada num almoço leve mas super completo, ótimo para levar para a praia ou na marmita para o trabalho enquanto as férias não chegam. Para saberem tudo sobre eles espreitem o final da receita




Tabouleh is a very simple fresh Lebanese salad, bursting with flavors  that I love to make on the hottest summer days. As in any traditional recipe there are many variations, but all use the best of the season ingredients such as tomatoes, cucumber or pepper. Now, the true queens of this salad are the aromatic herbs and a good tabouleh has to be beaming with green. The most commonly used are often parsley and mint, but you can try opening horizons with basil, coriander or, for a real explosion of flavors, combining them all.

Traditionally this salad is served as an appetizer and it uses bulgur or even couscous, but this is a real super tabouleh and apart from adding chickpeas, I decided to call two very special guests for this aromatic feast: quinoa and hemp. They may be little but are bursting with nutrients and super powers that transform this salad in a very complete light lunch, great to take to the beach or as lunch bag to work while you wait for the holidays. To know everything about them peek the end of the recipe!



Super Tabouleh de Quinoa e Cânhamo
V / SG
2 a 4 pessoas

Ingredientes
200 g de Salsa Fresca
2 mãos cheias de Hortelã, só as folhas
10 - 15 Tomatinhos Cereja, vermelhos e amarelos
1/2 Pepino
1/2 Pimento Vermelho
1/2 Cebola
100 g de Sementes de Cânhamo
150 g de Quinoa cozida
100 g de Grão de Bico Cozido
4 colheres de sopa de Sumo de Limão
6 colheres de sopa de Azeite
Sal Marinho Integral
Pimenta Preta moída na hora

Preparação
Picar muito bem a salsa, a hortelã, os tomates, o pepino, o pimento e a cebola.
Numa taça, juntar todos os ingredientes e misturar bem.
Se possível reservar no frigorífico por 30 minutos e servir bem fresca num dia quente de verão.

Fica ainda mais deliciosa no dia seguinte!

Dica: Deixem alguns tomatinhos cortados apenas em gomos para um efeito visual mais divertido.


As Super Estrelas

Quinoa
Considerada sagrada pelos Incas, esta super semente faz parte da alimentação dos povos andinos há mais de 4.000 anos. Com uma preparação muito semelhante ao arroz, a quinoa é uma ótima alternativa que nos fornece proteínas completas com todos os aminoácidos essenciais e ainda muitos minerais. Há mais de 120 variedades de cores, passando pelo bege, castanho e todo o tipo de tons avermelhados, sendo esta última a mais interessante nutricionalmente. A que mais se vê no mercado é a bege e pode aparecer em grãos, farinha ou até flocos. Sem glúten.

A quinoa é uma planta que se adapta a todo o género de climas e terrenos mas ainda continua a ser maioritariamente produzida na Bolívia e no Peru. Quando o resto do mundo a descobriu, a procura atingiu níveis altíssimos, causando um grande desequilíbrio socioeconómico nestes países. Hoje, felizmente, estão já a ser aplicadas medidas que protegem os agricultores e promovem um comércio mais justo. Quando comprarem tentem sempre saber a origem.

Antes de cozinhar a quinoa, demolhar se possível entre 1 a 8 horas, descartar a água de demolhar e cozer como o arroz, durante cerca de 10 minutos com o dobro da água.


Sementes de Cânhamo
Extremamente ricas em proteínas de alta performance, com todos os aminoácidos essenciais e facilmente digeridas e assimiladas pelo organismo, as sementes de cânhamo são muito populares entre os atletas e umas das melhores amigas dos vegetarianos e vegans. São uma ótima fonte de todos os ácidos gordos essenciais e apresentam o equilíbrio ideal de 3:1 de Ómega 6 e Ómega 3.

As sementes de cânhamo descascadas não apresentam inibidores de enzimas que impedem a digestão de proteínas tornando-as altamente assimiláveis pelo organismo e são compostas essencialmente por edestina — uma proteína considerada como a espinha dorsal do DNA e muito semelhante à nossa globulina no plasma do sangue, responsável pela produção de anticorpos –, e também por albumina, similar à proteína encontrada na clara de ovo, com propriedades antioxidantes. Apresentam ainda altos níveis de ácido glutâmico, um neurotransmissor que nos ajuda a lidar com o stress e a gerir melhor as emoções.

São vendidas já descascadas em lojas de produtos naturais ou em vários sites online (aqui, aqui ou aqui) e têm um sabor que lembra pinhões torrados. Adoro usá-las para enriquecer leites vegetais e batidos, juntá-las a papas de pequeno-almoço ou salpicar saladas, sopas e legumes com elas. O óleo também pode ser usado para temperar saladas ou acrescentar a bebidas para aumentar a absorção de nutrientes.

São totalmente seguras e não contêm nenhuma substancia psicotrópica.

---

Super Quinoa Hemp Tabouleh
V / SG
Serves 2 - 4

Ingredients 
200 g Parsley
2 handfuls Mint, leaves only 
10 -15 Cherry Tomatoes, red and yellow 
1/2 Cucumber 
1/2 Red Bell Pepper 
1/2 Onion 
100 g Hemp Seeds 
150 g cooked Quinoa 
100 g cooked Chickpeas
4 tbsp Lemon Juice 
6 tbsp Olive Oil  
Whole Sea Salt
Freshly ground Black Pepper

Directions
Finely mince parsley, mint, tomatoes, cucumber, pepper and onion. 
In a bowl, combine all ingredients, season and mix. 
If possible reserve in the fridge for 30 minutes and serve fresh on a hot summer day. 

It is even more delicious the next day! 

Tip: Let some cherry tomatoes cut into wedges for a fun visual effect.


The Superstars

Quinoa
Considered sacred by the Incas, this super seed is part of the Andean people diet for over 4,000 years. With a very similar preparation to rice, quinoa is a great alternative that provides complete protein with all essential amino acids and minerals like iron, magnesium and zinc. There are more than 120 varieties of colors, going form beige to brown and many shades of red, the latter being more nutritionally interesting. The most common in the markets is beige and you can find quinoa in grains, flour or even flakes. Gluten Free. 

Quinoa is a plant that adapts to all kinds of climates and terrains but its production still remains predominantly in Bolivia and Peru. When the rest of the world discovered this super seed, the demand peaked, causing a major socio-economic imbalance in these countries. Today, fortunately, measures are already being implemented to protect farmers and to promote fairer trade. When buying try to always know the source. 

Before cooking quinoa, soak it between 1 to 8 hours, discard the soaking water and cook as rice for about 10 minutes in twice the water.


Hemp seeds 
Extremely rich in high-performance protein, with all essential amino acids and easily digested and assimilated by the body, hemp seeds are very popular among athletes and one of the best friends of vegetarians and vegans. They are a great source of all essential fatty acids and have the ideal ratio of 3:1 of Omega 6 and Omega 3

Peeled hemp seeds show no enzyme inhibitors that prevent proteins digestion making them highly assimilated by the body and are composed essentially by edestin - a protein considered the backbone of DNA and similar to our globulin in blood plasma, responsible the production of antibodies -  and albumin, very similar to the protein found in egg whites, with antioxidant properties. Hemp seed also present high levels of glutamic acid, a neurotransmitter that helps us cope with stress and better manage emotions. 

You can find peeled hemp seeds in health food stores or in various online sites and they have a delicious toasted pine nuts flavor. I love using them to enrich my plant based milks and smoothies, adding them to breakfast porridge or sprinkle salads, soups and vegetables. The oil can also be used to season salads or in smoothies or juices to increase the absorption of nutrients. 

They are completely safe and do not contain any psychotropic substance.


quarta-feira, junho 17

Papaia Grelhada com Lima :: Grilled Papaya with Lime

Please scroll down for English version

Declara-se oficialmente aberta a época dos barbecues no quintal, churrascadas em varandas e afins e grelhados no geral.

Se já têm as vossas agendas de fim de semana repletas com estes deliciosos encontros, experimentem fazer estas surpreendentes papaias grelhadas com um toque de lima, e preparem-se… Vão passar a ser os convidados mais concorridos das redondezas.

Esta é uma daquelas receitas incrivelmente simples mas que nos fazem brilhar em qualquer ocasião numa espécie de tudo em um. Estas papaias são a companhia perfeita para uns suculentos portobello na brasa ou para umas espetadinhas (de tempeh, claro está) acabadas de grelhar, mas também podem servi-las num pequeno-almoço ou brunch mais especial, ou até transformá-las numa gulosa sobremesa.

---

I now declare barbecue season officially open. So put your grill spirit on and jump aboard to these 
amazing grilled papaya with a splash of lime. Be aware... After this you'll probably become the most popular guest/host of the neighborhood.

This is one of those incredibly simple recipes but that will make you shine on any occasion. These papayas are the perfect companion for some big juicy grilled portobellos or for some exotic tempeh skewers, but you can also serve them in a special breakfast or brunch, or even turn them into a scrumptious dessert.

---

Papaia Grelhada com Lima
V / SG
Por pessoa

Ingredientes

1 Papaia, pequena e madura
1 Lima, sumo e raspa
Óleo de Coco ou Azeite, para pincelar os grelhadores de chapa

Barbecue
Coentros
Malagueta
Paprica Fumada
Flor de Sal

Pequeno-almoço / Brunch
Mirtilos
Coco em lascas
Iogurte Natural

Sobremesa
Açúcar de Coco ou Demerara
Chantili de Coco (ver aqui)
Pistácios


Preparação

Aquecer muito bem um grelhador e, se necessário, pincelar com um pouco de óleo de coco ou azeite.
Abrir as papaias ao meio e ao comprido, retirar as sementes e espremer o sumo da lima por cima de cada metade.
Colocar no grelhador bem quente com o lado da polpa virado para baixo e deixar cozinhar por 5 minutos até caramelizar.

Barbecue
Servir as papaias grelhadas com as raspas da lima, coentros e malagueta picados e uma pitada de paprica fumada e flor de sal.

Pequeno-almoço
Servir as papaias grelhadas com as raspas da lima, mirtilos, iogurte natural e lascas de coco ligeiramente tostadas.

Sobremesa
Polvilhar as papaias com o açúcar de coco ou demerara antes de as grelhar.
Servir as papaias grelhadas com as raspas da lima, uma colherada generosa de chantili de coco e pistácios grosseiramente picados.

---

Grilled Papaya with Lime 
V / SG 
per person 

Ingredients 

1 Papaya, small and ripe
1 Lime, juice and zest 
Coconut or Olive Oil, for brushing the plate grills 

Barbecue 
Coriander 
Chilli 
Smoked Paprika 
Fleur de Sel

Breakfast / Brunch
Blueberries 
Coconut flakes
Natural Yogurt 

Dessert 
Coconut or Demerara Sugar 
Coconut Whipped Cream (see here
Pistachios 


Directions

Heat your grill till very hot and, if necessary, brush it with a little coconut oil or olive oil. 
Open the papayas in half and lengthwise, remove the seeds and squeeze the juice of lime over each half. 
Put them on the hot grill with the pulp side down and cook for 5 minutes to caramelize. 

Barbecue 
Serve the grilled papayas with lime zest, fresh coriander and chopped chilli and a pinch of smoked paprika and fleur de sel. 

Breakfast / Brunch
Serve the grilled papayas with lime zest, blueberries, yogurt and lightly toasted coconut flakes. 

Dessert 
Sprinkle the papayas with coconut or demerara sugar before grilling. 
Serve the grilled papayas with lime zest and a generous spoonful of coconut whipped cream, sprinkled with roughly chopped pistachios.


quarta-feira, junho 3

Tudo o que precisam saber sobre Sumos & Batidos Verdes :: Everything you need to know about Green Juices & Smoothies

Please scroll down for English version

Os sumos e batidos verdes são uma das maneiras mais deliciosas e práticas de aumentar o consumo de vegetais verdes crus e assim aproveitar todos os seus nutrientes, desintoxicar e alcalinizar o organismo e ainda aumentar a nossa energia e vitalidade.

A cor pode até não ser muito apetitosa para alguns, mas depois de provarem vão ver que são incrivelmente saborosos, frescos e saciantes. Isto para além da maravilhosa sensação de estar a beber energia pura!

São muitos simples de fazer e as combinações são quase infinitas. No entanto, precisam de alguma estrutura. Para os principiantes, recomenda-se uma proporção de 60% de fruta para 40% de vegetais verdes, depois, aos poucos, convém ir invertendo as contas para obtermos uma bebida mais rica em vegetais do que fruta. Depois podemos ainda aumentar o poder nutricional do sumo ou do batido com muitas outras coisas boas como germinados, sementes, gengibre e outras especiarias, super alimentos...

---

O que é um sumo?

Os sumos são normalmente feitos com uma máquina de pressão lenta ou uma centrifugadora que separa a polpa das frutas e dos vegetais, retirando as fibras não solúveis e tornando-os completamente líquidos. Como não têm fibras, a absorção dos nutrientes dos ingredientes usados é quase imediata, inundando o organismo de vitaminas, minerais e antioxidantes. Esta ausência de fibras torna os sumos muito populares em regimes de limpeza e desintoxicação do organismo, pois quase não exigem esforço do sistema digestivo. No entanto, como têm uma digestão muito rápida também não saciam tanto como um batido.

Um sumo verde é composto apenas por vegetais e frutas. Não precisa de uma base líquida mas pode ser enriquecido com alguns ingredientes extra.

É possível extrair sumo de quase todas as frutas ou vegetais, com excepção dos mais cremosos como a banana, o abacate e a papaia, ou dos mais fibrosos, como a manga, que funcionam muito bem em batidos. Os frutos silvestres também são demasiado delicados para poderem passar pela centrifugadora e ficam melhor em batidos.

Preparar um sumo é muito fácil e rápido:

1. Lavar muito bem os ingredientes frescos, descascar aqueles que necessitem e cortá-los em pedaços;
2. Passar os ingredientes pela centrifugadora;
3. Acrescentar os extras (opcional);
4. Beber!

---

O que é um batido?

Os batidos aproveitam toda a polpa dos alimentos e por isso são mais ricos em fibra, tendo uma digestão mais lenta que prolonga a libertação de energia e a sensação de saciedade. São feitos num liquidificador ou até com uma varinha mágica e combinam uma base líquida com frutas e vegetais, dando origem a uma bebida mais espessa e cremosa do que os sumos.

Um batido verde é composto por três componentes essenciais: vegetais + frutas + base líquida. Depois podem ser enriquecidos com proteínas vegetais e gorduras saudáveis, e ainda alguns extras.

São o snack perfeito e podem até ser bastante completos nutricionalmente quando acrescentamos proteínas e gorduras saudáveis. No entanto, não devem ser vistos como substitutos totais das refeições principais no dia à dia, mas sim como um complemento nutritivo cheio de energia.

Podemos fazer batidos com quase todas as frutas ou vegetais, mas aqueles mais rijos como as cenouras ou beterrabas são mais difíceis de triturar e podem não ficar muito agradáveis. Normalmente todos os meus batidos têm um pouco de sumo de limão para aumentar a absorção do ferro dos vegetais e no verão gosto muito de acrescentar fruta congelada que, além de refrescar o batido, dá-lhe uma deliciosa textura ainda mais cremosa.

Como os liquidificadores são muito fáceis de lavar, os batidos são ainda mais rápidos de fazer do que os sumos:

1. Lavar muito bem os ingredientes frescos, descascar aqueles que necessitem e cortá-los em pedaços;
2. Combinar todos os ingredientes do batido, incluindo os extras, num liquidificador e bater;
3. Beber!

---

Que ingredientes usar?

Verduras
Acelgas / Aipo / Alface / Couves / Erva de Trigo ou de Cevada / Ervas Aromáticas / Espinafres / Nabiças / Pepino / Rebentos e Germinados

Frutas
Abacate / Ananás / Banana / Citrinos / Frutos Silvestres / Maçã / Manga / Melancia / Melão / Meloa / Papaia / Pêra / Pêssegos / Uvas

Base líquida (para os batidos)
Água / Água de Coco / Chás e Infusões / Leites Vegetais / Sumos Naturais

Gorduras saudáveis
Abacate / Manteigas de Oleaginosas ou Sementes / Óleo de Linhaça ou de Cânhamo / Óleo de Coco

Proteínas vegetais
Manteigas de Oleaginosas ou Sementes / Proteínas Vegetais Isoladas de Arroz, Ervilha ou Cânhamo / Sementes de Chia ou Cânhamo

Extras
Açaí / Cacau / Caiena / Canela / Clorela / Erva de Trigo e de Cevada / Gengibre / Maca / Pólen de Abelhas / Sementes de Chia, Linhaça ou Cânhamo / Spirulina

---

Como conservar?

O ideal é bebê-los de imediato, o que com vidas mais preenchidas pode não ser sempre possível. Mas com alguns cuidados e preparação podemos ter sempre um sumo ou batido pronto a beber a qualquer hora do dia, em qualquer lugar.

1. Para vidas mesmo muito preenchidas e para os fãs dos batidos, um bom truque é fazer saquinhos com os vossos ingredientes favoritos para uma dose de batido e congelar. Depois é só tirar do congelador, bater com uma base líquida e está pronto.

2. Depois de preparar o sumo ou batido, conservar em frascos ou garrafas de vidro, de preferência escuros ou opacos. Os termos também são uma óptima solução, pois mantêm a temperatura e não deixam entrar nenhuma luz.

3. Encher o recipiente mesmo até cima para minimizar o contacto com o oxigénio. Para evitar ao máximo qualquer entrada de ar, podem ainda colocar um pouco de película aderente antes de fechar o recipiente.

4. Conservar no frigorífico e evitar mudanças de temperatura. O transporte deve ser feito em sacos térmicos ou com bolsas de gel.

5. Agitar sempre antes de beber para voltar a envolver os ingredientes.





Green juices and smoothies are one of the most delicious easy ways to increase the consumption of raw green vegetables and take advantage of all their nutrients, detoxifying and alkalizing the body and also increase our energy and vitality. 

The color might not be very appetizing to some of you, but after tasting you will see that they are incredibly tasty, fresh and filling. In addition you get this wonderful feeling of drinking pure energy

Juices and smoothies are really simple to make and the combinations are almost endless. However, they do need some structure. For beginners it's recommend a ratio of 60% fruit for 40% green vegetables, then gradually  you should reversing the numbers to end up with a drink richer in vegetables than fruit. Then you can also increase the nutritional power of the juice or smoothie with many other good things like sprouts, seeds, ginger and other spices, super foods...

---

What is a juice? 

Juices are usually made with a slow pressure machine or a centrifuge that separates the fruit or vegetable pulp, removing the insoluble fibers and making them completely liquid. Juices have no fibers so, the nutrients from the ingredients used are immediately absorbed, flooding the body of vitamins, minerals and antioxidants. This lack of fibers makes juices them very popular in cleaning and detox programs, as they don't require almost any effort from the digestive system. However, as they have a very rapid digestion, juices aren't as satisfying as a smoothie. 

A green juice is composed only of vegetables and fruits. It doesn't need any liquid base but it can be enriched with a few extra ingredients. You can extract juice from almost all fruits and vegetables, with the exception of the more soft ones as bananas, avocados and papayas, or more fibrous, like mango, which work very well in smoothies. Berries are also too delicate to be able to go through the centrifuge and work better in smoothies. 

Prepare a juice is very easy and fast: 

1. Rinse well all the fresh ingredients, peel those that need and cut them into pieces; 
2. Pass the ingredients trought your machine; 
3. Add the extras (optional); 
4. Drink!

---

What is a smoothie? 

Smoothies use  the pulp of the fruits and vegetables and therefore are richer in fiber, having a slower digestion, extending the release of energy and satiety. Smoothies are made in a blender or even with a hand immersion blender and combine a liquid base with fruits and vegetables, transforming into a thicker and creamier drink and than a juice. 

A green smoothie consists of three essential components: vegetables + fruit + liquid base. They can then be enriched with plant proteins and healthy fats, plus some extras. 

Smoothies can be the perfect snack and can even be quite nutritionally complete when we add protein and healthy fats. However, they shouldn't be seen as a total replacement of the main meals of the day, but as a dietary supplement full of energy. 

We can make smoothies with almost all fruits or vegetables, although the hard ones as carrots or beets are more difficult to grind and may not be very pleasant to drink. Usually all my smoothies have a splash of lemon juice to increase absorption of iron from the vegetables and in the summer I really like to add frozen fruit, that helps cooling down rand gives the smoothie an even creamier delicious texture.

As the blenders easier to clean, smoothies are even quicker to make than juices:

1. Rinse well all the fresh ingredients, peel those that need and cut them into pieces;
2. Combine all ingredients, including the extras, in a blender and beat; 
3. Drink!

---

What ingredients to use ? 

Greens 
Chards / Celery / Lettuce / Cabbage / Wheat or Barley Grass / Aromatic Herbs / Spinach / Turnip Greens / Cucumber / Sprouts and Micro Greens.

Fruits 
Avocado / Pineapple / Banana / Citrus / Berries / Apple / Mango / Watermelon and Melons / Papaya / Pear / Peaches / Grapes

Liquid Base (for Smoothies) 
Water / Coconut Water  / Teas and Infusions / Plant Based Milks / Natural Juices 

Healthy Fats 
Avocado / Nuts or Seeds Butters / Linseed or Hemp oil  / Coconut Oil 

Vegetable Protein 
Nuts or Seeds Butters / Isolated Vegetable Protein like Rice, Peas or Hemp / Chia or Hemp Seeds

Extras 
Acai / Cocoa / Cayenne / Cinnamon / Chlorella / Ground Wheat or Barley Grass / Ginger / Maca / Bee Pollen / Chia, Flax or Hemp Seeds/ Spirulina .

--- 

How to Keep?

Ideally we should drink them immediately, which may not always be possible for some busier lives. But with some care and preparation we can always have our green juice or smoothie ready to drink at any time of the day, anywhere. 

1. To a really busy life and for the smoothies fans, a good tip is to make individual bags with your favorite ingredients for a single dose of smoothie and freeze. Then just take it out of the freezer, blend with a liquid base and you're ready.

2. After preparing the juice or smoothie, keep them in jars or glass bottles, preferably dark or opaque. Thermal bottles are also a great solution because they keep the temperature and don't let in any light. 

3. Fill up the vessel to the top to minimize contact with oxygen. In order to avoid any air intake, you can also put a layer of plastic wrap before closing the container. 

4. Store in a refrigerator and avoid temperature changes. Transportation must be done in cooler bags or gel bags. 

5. Always shake before drinking to re-mix the ingredients.



Receitas
para 1 pessoa cada


Sumos

Cucumber Delight

Super refrescante e hidratante, este sumo é perfeito para os dias quentes do Verão e vai ajudar a manter a pele bonita e luminosa.

2 Pepinos, descascados
3 Maçãs, sem caroços
2 talos de Aipo
1 mão cheia de Hortelã
1 cm de Gengibre fresco, descascado
Sumo de 1/2 Limão

Depois de preparar o sumo, misturar o sumo de limão e servir bem fresco com umas pedras de gelo.

Beet It Juice

Este sumo é altamente desintoxicante e óptimo para um fígado feliz. Não é propriamente verde, mas tenho a certeza que vão adorar o seu irresistível tom fúcsia.

2 Beterrabas vermelhas, descascadas e cortadas em pedaços
3 Cenouras
2 Maçãs, sem caroços
1 cm de Gengibre, descascado


Batidos

Summer Dream

Super refrescante e cheio de sabores de Verão. Gosto muito de ir variando e usar também alperces e nêsperas bem docinhas.

200 ml de Chá Verde fresco
2 Pêssegos
1/2 Meloa
1/2 Pepino
3 folhas de Acelgas
4 folhas de Alface
2 mãos cheias de Hortelã
Sumo de 1/2 Limão

Tropical Crush

Adoro fazer este batido quando me apetecem sabores mais exóticos. Dificilmente consigo resistir a uma manga bem perfumada e a combinação do ananás com o coco é uma verdadeira viagem aos trópicos.

250 ml de Água de Coco fresca
2 mãos cheia de Espinafres
1/2 Manga
1/4 de Ananás
Sumo de 1 Lima
1 mão cheia de Hortelã
1 colher de sopa de Sementes de Chia

Colocar as sementes de chia de molho na água de coco por 15 minutos antes de bater todos os ingredientes num liquidificador.

--- 

Recipes
Servers 1 each


Juices 

Cucumber Delight 

Super refreshing, this juice is perfect for the hot summer days, helping to hydrate the body and maintain a beautiful and shining skin. 

2 Cucumbers, peeled 
3 Apples, pitted 
2 Celery stalks 
1 handful of Mint
1 cm Ginger, peeled 
1/2 Lemon juice 

After preparing the juice, mix the lemon juice and serve well chilled with some ice cubes.

Beet It Juice 

This juice is highly detoxifying and great for a happy liver. It is not exactly green, but I am sure you will fall in love with it irresistible fuchsia tone. 

2 red Beets, peeled and cut into chunks 
3 Carrots 
2 Apples, pitted 
1 cm Ginger, peeled 


Smoothies

Summer Dream 

Super refreshing and full of summer flavors. I love to change things up and also use apricots or really sweet medlar. 

200 ml Cold Green Tea 
2 Peaches 
1/2 Cantaloupe
1/2 Cucumber 
3 Swiss Chard leaves
4 Lettuce leaves
2 handfuls of Mint 
1/2 Lemon juice 

Tropical Crush 

I love making this smoothie when I'm in the mood for some exotic flavors. I can hardly resist the scented of a ripe mango and the combination of pineapple with coconut is a real trip to the tropics. 

250 ml of Cold Coconut Water 
2 handfuls of Spinach 
1/2 Mango
1/4 Pineapple 
Juice of 1 Lima 
1 handful Mint 
1 tbsp of Chia seeds 

Soak the chia seeds in the coconut water for 15 minutes before mixing all ingredients in a blender.

quarta-feira, maio 20

Mousse de Chia, morangos e Framboesas com Leite de Coco Caseiro :: Chia, Strawberry, Raspberry Pudding with Homemade Coconut Milk

Please scroll down for English version

Entre uma sobremesa gulosa e um pequeno-almoço nutritivo, esta mousse fica num delicioso limbo onde caio muitas vezes quando os dias começam a aquecer. As rainhas são as sementes de chia, super saciantes e a maior fonte vegetal de Ómega 3, e que depois de demolhadas se transformam num gel muito hidratante e óptimo para o sistema digestivo. Depois basta misturá-las com as vossas frutas favoritas até que tudo se transforme num creme algures entre a mousse e o pudim, ou até de um gelado se usarem fruta congelada.

Esta combina os morangos mais doces da estação e as primeiras framboesas a anunciarem a chegada de um verão apressado com um leite de coco caseiro, provavelmente o leite vegetal mais económico e prático de se fazer em casa. É super simples, basta demolhar coco ralado em água quente, bater… E já está! Obtemos um leite muito rico mas mais delicado que o enlatado, que gosto muito de usar nestas mousses mas também para fazer overnights oats ou batidos. Podem também experimentar com outros leites vegetais ou, para uma versão ainda mais gulosa, usar leite de coco enlatado, de preferência biológico e natural, sem ingredientes impossíveis de pronunciar.

Sobremesa, pequeno-almoço, mousse, pudim, gelado… Quem precisa de rótulos com estes copinhos cheios de coisas boas?

Between a sweet oh-so-good dessert and a nutritious breakfast, this pudding stays in a delicious limbo where I often fall when the days begin to warm up. Chia seeds are the queens here, super filling and the biggest vegetable source of Omega 3. After soaked, these little babies become a very hydrating gel that is also great for the digestive system. Then just mix it up with your favorite fruits until everything becomes a soft cream somewhere between a mousse and a pudding, or even an ice cream if using frozen fruit. 

This one combines the sweetest strawberries of the season and the first raspberries with a homemade coconut milk, probably the most economical and easy plant based milk you can make at home. It's super simple, just soak shredded coconut in hot water, beat... And you're done! You'll get a very rich milk but more delicate than the canned one, which I love using on these kind of puddings or to make my overnight oats or even smoothies. You can also try with other plant based milks or, for the ultimate scrumptious version, use canned coconut milk, organic and natural without any ingredients impossible to pronounce. 

Dessert, breakfast, mousse, pudding, ice cream ... Who needs labels with these cups filled so many good things?

r



Mousse de Chia, Morangos e Framboesas 
com Leite de Coco Caseiro
V / SG / R
Para 2 a 4 pessoas

Ingredientes
Para a Mousse
3 colheres de sopa de Sementes de Chia
250 ml de Leite de Coco Caseiro
125 g de Morangos congelados
125 g de Framboesas congeladas
2 Bananas bem maduras
1 colher de sopa de Xarope de Ácer, para os mais gulosos
1/2 colher de chá de Baunilha em pó natural

Para o Leite de Coco Caseiro
100 g de Coco ralado
750 ml de Água fresca

Opcional

Para o Pudim de Chia e Coco
200 ml de Leite de Coco Caseiro
1 colher de sopa de Sementes de Chia
1 colher de sopa de Xarope de Ácer, ou outro adoçante líquido natural
1/2 colher de chá de Baunilha em pó natural

Para o Molho Rápido de Morangos e Framboesas
1 mão-cheia de Morangos arranjados
1 mão-cheia de Framboesas


Preparação

Para a Mousse
Numa taça, misture bem as sementes de chia com o leite de coco, a baunilha e o xarope de ácer (se usar) e reserve no frigorífico por 30 minutos para gelificar.
Retire os morangos e as framboesas do congelador e deixe descongelar por 5 minutos para ser mais fácil triturar.
Coloque a mistura das sementes de chia com as bananas, os morangos e as framboesas num liquidificador ou num processador de alimentos e bata até obter uma mousse cremosa.

Para o Leite de Coco Caseiro
Aqueça a água até quase levantar fervura.
Coloque o coco ralado de molho na água quente por 30 minutos.
Bata num liquidificador e coe.
Passe o leite para um recipiente de vidro esterilizado e guarde no frigorífico entre 3 a 5 dias.

Opcional

Para o Pudim de Chia e Coco
Numa taça, misture bem as sementes de chia com o leite de coco, a baunilha e o xarope de ácer e reserve no frigorífico por 30 minutos para gelificar.

Para o Molho Simples de Morangos e Framboesas
Coloque os morangos e as framboesas num liquidificador e triture até ficar em puré.
Pode usar em outras sobremesas, panquecas, iogurtes, batidos…

Distribua a mousse por copinhos, coloque uma camada de pudim de coco por cima e sirva bem fresquinha com uma colherada do molho de morangos, algumas framboesas frescas, lascas de coco e folhinhas de hortelã.

Dica: Para criar um efeito marmoreado, misture suavemente a mousse e o pudim com movimentos circulares de baixo para cima com um palito.

---

Chia, Strawberry, Raspberry Pudding with Homemade Coconut Milk
V / SG / R 
Serves 2 - 4 

Ingredients 

Chia, Strawberry, Raspberry Pudding
3 tbsp Chia Seeds 
250 ml Homemade Coconut Milk
125 g frozen Strawberries
125 g frozen Raspberries 
2 very ripe Bananas
1 tbsp Maple Syrup, optional
1/2 tsp natural ground Vanilla 

Homemade Coconut Milk
100 grams shredded Coconut 
750 ml of fresh Water 

Optional

Coconut Chia Pudding 
200 ml Homemade Coconut Milk
1 tbsp Chia Seeds 
1 tbsp Maple Syrup, or other natural liquid sweetener 
1/2 tsp natural ground Vanilla 

Quick Strawberries and Raspberries Sauce
1 handful of Strawberries
1 handful of Raspberries 


Directions

Chia, Strawberry, Raspberry Pudding
In a bowl, mix the chia seeds with the coconut milk, vanilla and maple syrup (if using) and set aside in refrigerator for 30 minutes to gel. 
Remove the strawberries and raspberries from freezer and let thaw for 5 minutes.
Place the mixture of chia seeds with the bananas, strawberries and raspberries in a blender or a food processor and beat until creamy mousse. 

Homemade Coconut Milk
Heat the water until almost boil. 
Soak the shredded coconut in the warm water for 30 minutes. 
Beat in a blender and strain. 
Pass the milk into a sterilized glass container and store in the refrigerator at 3 to 5 days. 

Optional 

Coconut Chia Pudding 
In a bowl, mix the chia seeds with the coconut milk, vanilla and maple syrup and set aside in refrigerator for 30 minutes to gel. 

Quick Strawberries and Raspberries Sauce
Place the strawberries and raspberries in a blender and mix until pureed. You can use this sauce in other desserts, pancakes, yogurt, smoothies... 

Distribute the strawberry raspberry mix in cups, cover with the coconut pudding and serve chilled with a spoonful of the strawberry sauce, some fresh raspberries, coconut flakes and mint leaves. 

Tip: To create a marbled effect, gently mix the two layes with circular movements from the bottom up with a toothpick.

quarta-feira, março 25

Hummus de Beterraba Assada :: Roasted Beet Hummus




Please scroll down for English version

Lá fora um vento frio teima em embrulhar-se nas árvores e há uns quantos farrapos cinzentos a querer esconder o azul o do céu, mas o calendário não engana. A Primavera voltou finalmente. Ainda tem de vencer esta timidez, própria de quem acabou de chegar, mas já se sente no ar o cheiro a dias mais coloridos. A manhãs solarengas, a piqueniques na relva e aos primeiros jantares debaixo das estrelas.

Este hummus não quis esperar mais e deixou-se tingir pelo irresistível tom fúcsia das beterrabas, numa versão bem vaidosa do famoso dip, e aqui entre nós não poderia pensar numa melhor maneira de receber esses dias pintados de coisas boas. Adoro a combinação do sabor profundo das beterrabas com o doce primaveril do funcho e o caramelo do balsâmico, tudo misturado numa colorida amizade feita lentamente no forno. Depois é só envolver com a cremosidade do grão-de-bico, salpicá-lo com o crocante dos pistácios e passar horas a petiscar, perdidos em conversas com os amigos.

Bem-vinda Primavera. Tínhamos saudades.




Outside, an ice cold wind stubbornly wraps up in the trees and there're a few gray rags wanting to hide the blue of the sky, but the calendar doesn't lie. Spring has finally returned. She has yet to win this shyness, typical of who just arrived, but we can already feel in the air the smell of the colorful days ahead. The sunny mornings, picnics on the grass and the first dinners under the stars.

This hummus couldn't wait any longer and allowed dyed himself with the irresistible fuchsia of beets, in the prettiest version of the famous dip, and I couldn't think of a better way to receive all the good things Spring promises. I love the combination of the deep flavor of beets with the springy fennel and the balsamic caramel, all mixed in a colorful friendship made slowly in the oven. Then just mix them with the creaminess of chickpea, sprinkle it with crunchy pistachios and spend hours snacking, lost in laughs and talks with friends.

Welcome Spring. We missed you.



Hummus de beterraba assada
V / SG
Para 4 a 6 pessoas

Ingredientes
2 Beterrabas médias
250 g de Grão-de-bico cozido
2 colheres de sopa de Tahine
Sumo de 1/2 limão
3 dentes de Alho
2 colheres de sopa de Vinagre Balsâmico
1 colher de sopa de Azeite
2 raminhos de Tomilho fresco
2 raminhos de Funcho fresco
1 folha de Louro
Sal Marinho integral
Pimenta preta moída na hora

Para servir
Azeite
Pistácios
Funcho fresco
Microvegetais
Pimenta preta moída na hora

Preparação
Pré-aquecer o forno a 18oº e colocar uma folha de papel vegetal num tabuleiro.
Descascar as beterrabas e cortar em quartos ou oitavos, conforme o tamanho.
Colocá-las no tabuleiro e regar com o azeite e o vinagre balsâmico.
Acrescentar os alhos descascados e ligeiramente esmagados, o funcho, o tomilho e a folha de louro e temperar com um pouco de sal e pimenta preta.
Tapar o tabuleiro com papel metálico e levar ao forno entre 30 a 45 minutos.
Retirar do forno e deixar arrefecer um pouco antes de destapar.
Retirar a folha de louro e o tomilho e passar tudo para um processador de alimentos aproveitando o molho do assado.
Acrescentar o grão de bico, o tahine, o sumo de limão e um fio de azeite e triturar até se obter um puré grosso.
Servir num prato com um fio de azeite, uma mão cheia de pistácios grosseiramente picados, funcho e micro vegetais e polvilhar com pimenta preta acabada de moer.

Dica: O tahine é uma pasta de sementes de sésamo que podem encontrar em lojas de produtos naturais e em algumas áreas de alimentação saudável dos hipermercados.

---

Roasted Beet Hummus

V / SG
Server 4-6 

Ingredients
2 medium Beets
250 g cooked Chickpeas
2 tbsp Tahine
Juice of 1/2 Lemon 
3 Garlic Cloves
2 tbsp Balsamic Vinegar
1 tbsp Olive Oil 
2 sprigs fresh Thyme
2 sprigs of fresh Fennel
1 Bay leaf
Whole Sea Salt
Freshly ground black pepper hour

To serve
Oil
Pistachios
Fresh fennel
Micro vegetables
Freshly ground black pepper hour

Directions
Preheat oven to 18oº and line a baking tray with parchment paper.
Peel the beets and cut them into quarters or eighths, depending on the size.
Put them in the tray and drizzle with olive oil and balsamic vinegar.
Add the peeled and lightly crushed garlic, fennel, thyme and bay leaf and season with a pinch of salt and black pepper.
Cover the tray with metallic paper and bake for 30 to 45 minutes.
Remove from the oven and allow to cool slightly before removing the metallic paper.
Remove the bay leaf and thyme and add everything to a food processor including the roasting juices.
Add the chickpeas, tahine, lemon juice and a drizzle of olive oil and grind until a thick puree.
Serve on a plate with a drizzle of olive oil, a handful of coarsely chopped pistachios, fennel and micro vegetables and sprinkle with freshly ground black pepper.

Tip: Tahine is a sesame seeds paste that you can find in health food stores, eastern food stores or in the health areas of some supermarkets.


quarta-feira, março 11

Mousse de Chocolate e Abacate :: Chocolate Avocado Mousse


Please scroll down for English version

Esta mousse já foi rainha nestas famosas tarteletes vaidosas mas para o Observador resolvi fazer um artigo só para ela para que pudesse brilhar sozinha como qualquer rainha merece. Se só agora estão a visitar este blogue e a franzir a sobrancelha ao imaginar abacate e chocolate juntos, deixem-se ficar, porque à primeira colherada nesta mousse vão estar completamente rendidos a esta combinação feita num qualquer paraíso guloso.

Esta é provavelmente a mousse de chocolate mais fácil do mundo, incrivelmente rica e cremosa e cheia de super poderes numa combinação deliciosa dos antioxidantes do cacau com as gorduras boas do abacate. Saibam tudo sobre eles aqui e aqui.

Quem consegue resistir a uma sobremesa com tantas coisas boas? Vá… Tentem não a comer ao pequeno-almoço.




This mousse was already the queen in these famous tartlets, but for Observador (a digital Portuguese newspaper) I decided to do an article all to herself, so she could shine alone as any queen deserves. If you're new to this blog and are wrinkling your brow at the thought of avocado and chocolate together, I strongly advice you to stick around, because at the first spoonful of this mousse you'll be completely surrendered to this match made in a sweet, sweet paradise.

This is probably the easiest chocolate mousse in the world, incredibly rich, creamy and full of super powers in a delicious combination of cacao's antioxidants with the healthy fats from avocado. Know all about them here and here.

Who can resist a dessert filled with so many good things? Ok... Try not to eat it for breakfast, or go ahead and do it! It's that good!





Mousse de Chocolate e Abacate
V / SG / R
2 a 4 pessoas

Ingredientes 

2 Abacates maduros, médios
4 colheres de sopa de Cacau em pó, de preferência cru
50 g de Chocolate de Cozinha com 70% cacau ou superior, derretido em banho maria, opcional
6 Tâmaras Medjool, sem caroço
1/2 colher de chá de Canela em pó
1 pitada de Sal Marinho integral

Para servir
Pistácios ligeiramente tostados
Pepitas de Cacau Cru
Coco em lascas tostado

Preparação

Cortar os abacates ao meio, com uma colher retirar a polpa.
Colocar todos os ingredientes num processador de alimentos e misturar até se obter um creme macio.
Servir em tacinhas salpicado com o coco, os pistácios e as pepitas.

Dica: As tâmaras Medjool são umas tâmaras grandes, muito suculentas e macias, e normalmente vendidas sem conservantes. Se não encontrarem podem ser substituídas por 4 colheres de sopa de mel ou xarope de ácer ou até por uma banana bem madurinha.

---

Chocolate Avocado Mousse
GF / R
Serves 2 to 4

Ingredients
2 medium Avocados
4 tbsp Raw Cacao Powder
50 g Culinary Chocolate with 70% cacao or higher, melted in bain marie, optional
6 Medjool Dates, pitted
1/2 tsp ground Cinnamon
1 pinch of Whole Sea Salt

To serve
Slightly toasted Pistachios
Raw Cacao Nibs
Toasted Coconut flakes

Directions
Cut the avocados in half, and with a spoon remove the pulp .
Place all ingredients in a food processor and mix until a smooth cream.

Serve in bowls sprinkled with  coarsely chopped coconut flakes, pistachios and cacao nibs.


Tip: Medjool dates are a big, very juicy and tender type of dates, and usually sold without preservatives. If you can't find them, you can replace them with 4 tablespoons of honey and maple syrup, or even with 1 really ripe banana.


quarta-feira, fevereiro 25

Batata-doce recheada com Tomatada Exótica de Grão-de-bico e Garam Masala Caseira :: Stuffed Sweet Potatoes with Exotic Chickpeas an Homemade Garam Masala


Please scroll down for English version

A Primavera está aí mesmo ao virar da esquina. Os dias andam maiores, as magnólias começam a despontar, mas eu ando com um caso gravíssimo de winter blues e a precisar urgentemente de espantar este frio cinzento do corpo.

Estas batatas-doces recheadas têm-me acompanhado ao longo destes meses escuros e são sem dúvida a derradeira comida de conforto. Os recheios podem ser mais que muitos: feijões, quinoa, legumes… Mas há qualquer coisa de mágico quando o sabor doce e caramelizado das batatas se junta a este grão-de-bico, quente, exótico e a rebentar de aromas. Depois temos o abacate com toda a sua gloriosa cremosidade, pitadinhas atrevidas de malagueta só para aquecer um bocadinho mais, a frescura dos coentros e o toque surpreendente da lima… Magia, senhoras e senhores, magia, daquela que aquece a alma e os ossos.

Vistam a vossa camisola favorita, sentem-se no sofá com estas meninas e prometo que à primeira garfada se esquecem dos dias frios lá fora.


Spring is right around the corner. The days are getting bigger, magnolias are flowering, but I have a serious case of winter blues and in dire need of getting rid of this gray cold from my body.

These stuffed sweet potatoes have accompanied me throughout these dark months and are undoubtedly the ultimate comfort food. The stuffing can be more than many: beans, quinoa, vegetables... But there is something magical when the sweet caramelized potatoes meets this hot, exotic, bursting with flavor chickpeas. Then we have the avocado with all its glorious creaminess, bold pinches of chilli just to spice things up a little bit more, the freshness of coriander and the surprising touch of lime... Magic, ladies and gentlemen, magic, the kind that warms the soul and body.

Wear your favorite comfy sweater, sit on the couch with these girls and I promise that with the first bite you'll forget the cold weather outside.


























Batata-doce recheada com Tomatada Exótica de Grão-de-bico
V / SG
2 pessoas

Ingredientes 

2 Batatas-doces médias
400 g de Grão-de-bico cozido
1 lata pequena de Tomate, de preferência natural e sem conservantes
1 Cebola
2 dentes de Alho
2 cm de Gengibre fresco
1/2 Malagueta Vermelha, sem sementes
1 colher de sopa de Garam Masala
1 colher de chá de Paprika
Sal Marinho integral
Pimenta Preta moída na hora
Óleo de Coco ou Azeite Virgem

Para a Garam Masala Caseira
4 colheres de sopa de sementes de coentros
2 colheres de sopa de cardamomo
2 colheres de sopa de pimenta preta em grãos
2 colheres de sopa de cravinho
1 colher de sopa de sementes de cominhos
1 colher de sopa de sementes de funcho (erva-doce)
3 estrelas de anis
3 paus de canela
1/2 noz-moscada, ralada na hora
2 folhas de louro

Para Servir
Abacate
Coentros
Lima
Malagueta


Preparação
Pré-aquecer o forno a 200º.
Lavar bem as batatas e furá-las algumas vezes com um garfo.
Levar ao forno entre 45 a 60 minutos até que fiquem tenras.
Enquanto as batatas estão no forno, preparar a tomatada.
Descascar e picar muito bem as cebolas, os alhos, o gengibre e a malagueta.
Numa panela aquecer um pouco de óleo de coco ou azeite, acrescentar as cebolas e deixar refogar até que fiquem transparentes.
Acrescentar o alho, o gengibre, a malagueta, a garam masala e a paprica e deixar cozinhar por mais uns minutos para libertar os aromas, mexendo de vez em quando.
Acrescentar o tomate ligeiramente esmagado.
Temperar com sal e pimenta, deixar levantar fervura e acrescentar o grão-de-bico.
Deixar apurar em lume brando entre 20 a 25 minutos.
Verificar os temperos e ajustar se necessário.

Para servir, fazer um corte ao longo das batatas doces e abri-las ligeiramente.
Rechear com uma dose generosa da tomatada exótica e cobrir com cubos de abacate, coentros e malagueta grosseiramente picados e raspas de lima.

Para a Garam Masala Caseira
Numa frigideira, tostar lentamente todos os ingredientes, exceto a noz moscada ralada, mexendo sempre até que comecem a libertar os aromas.
Deixar arrefecer, acrescentar a noz moscada ralada e moer muito bem num moinho de café/especiarias ou num processador de alimentos.
Para um pó mais fininho, peneirar a mistura de especiarias por um passador.
Guardar num recipiente hermético até seis meses.


O que é a Garam Masala?
É uma mistura de especiarias obrigatória na cozinha indiana, com fundamentos na milenar medicina Ayurvédica. Traduzido à letra, significa mistura (masala) quente (garam) de especiarias, e o objectivo é mesmo aquecer o corpo e aumentar o metabolismo para estimular o processo digestivo e eliminar toxinas. Perfeito, não?

Ao contrário de outras misturas, não tem malagueta, e mesmo não sendo picante tem uma presença inconfundível. Não há uma receita fixa e pode variar bastante conforme a zona do país ou até de família para família, mas os ingredientes mais usados são normalmente as sementes de coentro e de cominhos, funcho, canela, cardamomo, cravinho, pimenta preta e noz moscada.

Já há muitas misturas prontas no mercado, mas nada bate uma caseirinha, mais autêntica e fresca, que invade a casa com todo o seu perfume e nos transporta automaticamente para outros lugares.


---

Stuffed Sweet Potatoes with Exotic Chickpeas
V / GF
Serves 2

Ingredients

2 medium Sweet Potatoes
400 g of cooked Chickpeas
1 small can Tomato, preferably natural and without preservatives
1 Onion
2 Garlic Cloves
2 cm of fresh Ginger
1/2 Red Chilli, seeded
1 tbsp of Garam Masala
1 tsp Paprika
Whole Sea Salt
Freshly ground Black Pepper
Coconut oil or Virgin Olive Oil

Homemade Garam Masala 
4 tbsp Coriander seeds
2 tbsp Cardamom
2 tbsp Black Pepper, whole
2 tbsp Cloves
1 tbsp Cumin seeds
1 tbsp Fennel seeds
3 Star Anise
3 Cinnamon sticks
1/2 Nutmeg, freshly grated
2 Bay leaves

To Serve
Avocado
Coriander
File
Chilli


Directions

Preheat oven to 200º.
Wash the potatoes and pierce them with a fork.
Bake from 45 to 60 minutes until soft.
While the potatoes are baking, prepare the stuffing.
Peel and chop the onions, garlic, ginger and chilli.
In a pan heat some coconut oil, add the onions and let it cook until they are transparent.
Add the garlic, ginger, chilli, garam masala and paprika and cook for a few more minutes to open the flavors, stirring occasionally.
Add the slightly crushed tomatoes.
Season with salt and pepper, let boil and add the cooked chickpeas.
Let it simmer from 20 to 25 minutes.
Check the seasoning and adjust if necessary.

To serve, make a cut along the sweet potatoes and slightly open them.
Stuff the sweet potatoes with a generous dose of the exotic chickpeas and top with avocado cubes, coarsely chopped coriander, chilli and lime zest.

Homemade Garam Masala 

In a skillet, slowly toast all ingredients except grated nutmeg, stirring constantly until fragrant.
Remove from fire, let it cool, add the grated nutmeg and reduce the spices to powder in a coffee/spice grinder.
For a more fine powder, sift the spice mixture through a sieve.
Store in an airtight container up to six months.


What is Garam Masala?
It's a spice mix mandatory in Indian cuisine, remoting to the ancient Ayurvedic medicine. Literally, it means hot (garam) spices mixture (masala), and the goal is to warm the body and increase metabolism to stimulate the digestive process and eliminate toxins. Perfect, right?

Unlike other popular Indian mixtures, this mix doesn't use any chilly, and although it's not spicy it has an unmistakable presence. There is no fixed recipe and it can vary greatly depending on the area of ​​the country or even from family to family, but the most commonly used ingredients are usually seeds coriander and cumin seeds, fennel, cinnamon, cardamom, cloves, black pepper, and nutmeg.

You can already find many ready mixes on the markets, but nothing beats a homemade one, more authentic and fresh, that fills the house with all its aroma and automatically transports us to other places.